Está aqui
Inicio > Educação > JP Odivelas questiona CM Odivelas sobre a qualidade das refeições escolares e pede a Grupo Parlamentar do CDS que questione o Governo

JP Odivelas questiona CM Odivelas sobre a qualidade das refeições escolares e pede a Grupo Parlamentar do CDS que questione o Governo

A Juventude Popular de Odivelas dirigiu um Requerimento ao Sr. Presidente da Câmara Municipal de Odivelas (CMO) questionando o Executivo a que preside assim como a Divisão de Educação da CMO, na pessoa da Vereadora da Educação, Susana Santos, sobre a monotorização da qualidade e quantidade das refeições escolares nas Cantinas das Escolas do 1º Ciclo do ensino Básico e sobre a fiscalização da qualidade alimentar e nutritiva das refeições fornecidas pela empresa Uniself, SA. nas Cantinas das Escolas do 2º e 3º Ciclo do ensino Básico em Odivelas. No sentido de garantir a qualidade das refeições escolares servidas nas cantinas das instituições de ensino do Concelho, a que o Município de Odivelas habituou as crianças e as famílias, a Juventude Popular de Odivelas diligenciou junto do Sr. Presidente da CMO no sentido de obter resposta a três questões fundamentais:

1 – Após as denúncias transmitidas pela FERLAP e CONFAP, a Divisão de Educação da CMO fiscaliza periodicamente a qualidade alimentar das refeições escolares servidas nas cantinas da Rede escolar pública do Concelho de Odivelas?

2 – A Uniself S.A. (empresa de restauração) cumpre os requisitos contratuais de fornecimento do Contrato Público de serviços alimentares para com a DGEstE nas cantinas escolares do Distrito de Lisboa, designadamente em Odivelas, onde o mesmo foi adjudicado?

3 – Foi intentado algum Processo Disciplinar a aluno que se encontre a requentar instituição de ensino em Odivelas, no âmbito do Regulamento interno da respectivas Escola, em virtude da captação e/ou reprodução de imagens ou vídeos nas redes sociais ou local público?

Solicitamos igualmente o envio de um Relatório detalhado das Escolas por parte da Divisão de Educação da CMO que apresentam este tipo de problemas nas cantinas escolares e iniciamos uma ronda de audições das cerca de 30 Associações de Pais dos vários ciclos de estudos que visam defender o interesse dos seus educandos, também ao nível da qualidade alimentar das refeições servidas nas cantinas escolares do Concelho, com o objectivo de nos serem reportadas todos as situações de situações de insuficiência e má qualidade das refeições escolares servidas nas cantinas do Concelho de Odivelas.

Foi igualmente solicitado ao Sr. Presidente da CMO a convocação de um Conselho de Educação de Odivelas extraordinário com carácter de urgência com vista à audição e à interpelação da Divisão de Educação da CMO, assim como os Presidentes dos Agrupamentos de Escolas do Concelho, sobre as situações da qualidade e quantidade deficitárias das refeições escolares, assim como situações de Processos disciplinares levantados a crianças que registaram em formato fotográfico ou vídeo a fraca qualidade ou quantidade insuficiente das refeições escolares em Odivelas, partilhando as imagens captadas nas redes sociais ou afins.

A Juventude Popular de Odivelas contactou na passada semana as Deputadas à Assembleia da República eleitas pelo CDS-PP, Ana Rita Bessa e Ilda Araújo Novo, denunciando algumas situações problemáticas a este nível no Concelho de Odivelas, visto que as referidas Deputadas integram a Comissão Parlamentar da Educação da Assembleia da República. Recebemos já resposta do Grupo Parlamentar do CDS-PP, informando-nos que este assunto será levado a Plenário da AR e a Comissão Parlamentar especializada através de ambas as Deputadas da Assembleia da República.

Odivelas, 27 de Novembro 2017

A Juventude Popular de Odivelas

Top